domingo, junho 25, 2006

Santa Catarina vai revelando os seu segredos mais intimos

















Disco de lucerna de meados do seculo I/II d.C. Contêm a representação de uma divindade femenina coberta por uma túnica, numa posição sensual, segurando algo na mão (difícil leitura). Segundo os dados disponíveis é provável que seja a representação da deusa Venus, a queimar incenso num altar que contêm um thymiatterium
Na foto ao lado, imagem do compartimento onde apareceu este disco de lucerna ainda em fase de escavação.

A escavação arqueológica na villa romana vai prosseguindo no seu ritmo normal.
Até ao momento já identificamos um conjunto arquitectónico de invulgar qualidade e desenvolvimento espacial, o que permite verificar que estamos perante uma villa romana importante, que terá sido construida em meados do século I depois de Cristo.
Se por um lado os dados disponíveis permitem supor que a villa romana terá sido abandonada em meados dos séculos V/VI, isso não significa que o espaço tenha sido " desactivada " nessa altura. Algumas escassas cerâmicas sugerem uma presença humana em finais do periodo visigótico e inicios da ocupação islâmica, meados do século VIII.
Nesta campanha já apareceu um fragmento de bordo de panela islâmica de meados do século X/XI. num outro sector identificamos uma bolsa que continha alguns fragmentos de cerâmica portuguesa do século XIV, inicios do século XV.

3 comentários:

Rita Balona disse...

A escavação está espectacular e este achado ainda mais. A continuação de um bom trabalho e que a arqueologia nos traga um pouco mais da nossa história... Cumprimentos

Antonio Rafael Carvalho disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Antonio Rafael Carvalho disse...

Obrigado pelo comentário. De facto a escavação em curso têm revelado um conjunto muito interessante de compartimentos. Esperamos que no decurso de julho apareçam mais novidades.....